Definição da palavra network ou networking


Park Office 30.jun.2019 Comportamento

Network ou networking é uma palavra derivada do inglês que remete à rede de contatos ou conexões, geralmente profissionais. Essa conexão é uma troca de experiências, conhecimentos, informações e ajuda mútua entre setores ou interesses iguais ou similares.

Networking

O networking é associado ao lado profissional, pois indica uma busca de contatos que possam ser de ajuda para evolução profissional. Essa busca não é uma via de mão única, no qual apenas um lado é beneficiado. O conceito de networking é baseado no entanto em troca, na partilha de conhecimentos independente do grau de experiência.

rede de relacionamentos

O networking é uma pratica muito benéfica para qualquer profissional, pois hoje em dia mais vale uma indicação para determinados cargos do que uma busca sem conhecimento prévio do candidato. Geralmente, quando uma empresa precisa contratar alguém para determinado cargo ou função ou fornecedor, o contratante pergunta para funcionários próximos se tem alguma indicação de profissional habilitado para a área.

Portanto, quanto maior é a sua rede de contatos, maior serão suas chances de ser indicado para áreas diversas. Tenha um rede de relacionamento de de Parceiros de Negócios.

Para que serve o networking

O networking, como já foi explicado, é a busca por conexões que possam ser relevantes para um profissional em determinada época da sua vida. E estabelecer conexões certamente não é o único objetivo. Certamente é manter essas conexões e ter qualidade nessa busca é primordial.

Cuidados e Paciência

O networking não é uma pratica egoísta, onde o profissional sai disparando currículos para qualquer pessoa que apareça em sua frente. O networking é um jogo de paciência, no qual o profissional atinge etapas, como resultado tem uma boa convivência com suas conexões para depois entrar no âmbito das apresentações profissionais.

O networking não se baseia apenas em ter um bom currículo e formação universitária. Isso é muito importante, mas não é a única coisa que importa. O que é certamente relevante nessa prática é a ferramenta essencial para conseguir um bom emprego: você mesmo.

Maketing Pessoal

Maketing_pessoal_Escritório_Virtual

Esse é o marketing pessoal, onde se apresentar de uma maneira que alguém possa reconhecer sua relevância para uma determinada função faz toda a diferença.

Em resumo, trabalhar sua rede de contatos e se esforçar para conseguir contatos mais relevantes, que realmente façam a diferença em seu círculo profissional – isso é praticar networking.

Mas nunca deve ser deixado de lado que networking não é uma pratica egoísta. Assim como você precisa dos seus contatos, seus contatos também precisam de você, seja para trocar experiências, conhecimentos ou informações.

Quem faz parte da rede do networking?

A lista é imensa. Existem diversos tipos de perfis que podem se adequar a partilha de conhecimento. Entre as principais, podemos destacar:

  • Família
  • Amigos
  • Colegas de faculdade
  • Colegas de trabalho
  • Clientes
  • Profissionais de outras áreas com interesses em comum
  • Profissionais do mesmo campo de atuação
  • Colaboradores
  • Parceiros

Uma das maneiras de manter o interesse vivo entre essa rede de contatos é solidificar os relacionamentos, por exemplo manter encontros pessoais. Porém, não é possível encontrar todo mundo, afinal a agenda da grande maioria dos profissionais é puxada.

Ferramentas que auxiliam muito o networking em geral são as redes sociais. E-mails, Whats app, Linkedin e outras redes são muito eficientes para estabelecer um bom networking, além disso tentar manter encontros em eventos, palestras e outros.

Como estabelecer o networking?

Em primeiro lugar é importante definir qual é o objetivo dessa rede de contatos. Defina:

  • Preciso mudar de emprego?
  • Quero obter mais conhecimento?
  • Quero angariar clientes?
  • Ou obter mais contatos para a minha empresa?

Entretanto depois das definições em mente, é preciso entender que não é possível impactar todo mundo de uma vez. Lembre-se: essa é uma conexão paciente. Entenda quem é o seu público-alvo nesse caso.

Seja visível, marcando presença!

Mantenha relacionamentos próximos com esses contatos, mas também oferecendo ajuda pratica e se colocando a disposição desses profissionais. Seja relevante!

Seja ativo nas redes sociais, compartilhe conteúdos realmente produtivos, faça comentários nos perfis desses profissionais e estabeleça contato. Acima de tudo esteja visível! Crie oportunidades para entrar em contato com o seu público-alvo.

Existem outras oportunidades para entrar em contato pessoalmente com sua rede de contatos:

  • Participe de conferências, eventos, palestras e workshops;
  • Envolva-se com associações voluntárias;
  • Administre aulas e partilhe conhecimentos;
  • Escreva colunas de opinião;
  • Entre em contato com colegas de profissão e troque experiências;

Tudo isso pode te ajudar a aumentar sua rede de contatos e ser relevante no meio profissional.

Park_Office

Você pratica network ou networking?

Diariamente na minha navegação pela rede In, recebo diversos pedidos de conexões que, após aceitá-los, geralmente junto a eles vem um texto de boas vindas, de receptividade ou de apresentação. Certamente o que sempre reparo é que são textos prontos, copiados e colados. Óbvio que acho bacana você encaminhar uma mensagem e agradecer pela conexão. Mas e aí? Você está praticando network, networking ou só adicionando por adicionar, em suma sem pretensão alguma?

O mais importante que precisamos definir é: você sabe a diferença entre network e networking?

No entanto receber muitas mensagens diariamente me faz pensar se as pessoas têm ciência desse processo tão comum no mercado de trabalho.

Podemos definir network como uma rede de relacionamento. Ou seja, adicionar pessoas do seu âmbito profissional, amigos, colegas ou ex-colegas de trabalho, ou pessoas que te propiciem alguma oportunidade profissional no futuro (profissionais de RH, por exemplo). Porém, isso é o que significa o network. Podemos tê-lo como uma teoria.

Como manter relacionamento saudável

networking é o processo, a prática. É o relacionamento sendo desenvolvido para manter o seu network. Nesse processo, você deve conhecer novas pessoas, relacionar-se com elas, trocar conhecimentos, e, principalmente, saber escutá-las. É importante em primeiro lugar que a cultivação dessas relações e que elas tenham um propósito, um objetivo.

E aí, devemos pensar no processo do networking. Qual o seu objetivo em criá-lo? Deseja informações sobre oportunidades vigentes numa empresa dos sonhos? Gostaria de trocar conhecimentos a respeito de algo que você não tem certo domínio? É importante que isso seja pensado antes de estabelecer o relacionamento com qualquer pessoa, senão parece que você está apenas panfletando mensagens de boas-vindas à sua rede sem qualquer propósito.

Depois de estabelecer a diferença entre essas duas coisas, definir um propósito e iniciar o processo de relacionamento com sua rede, precisamos ter o cuidado de analisar certamente o interesse do outro em também cultivar esse contato. Nada de criar uma intimidade, mandar piadas e ser inconveniente. Mantenha sempre um contato profissional. Não que seja estritamente proibido criar uma relação de amizade com o outro, mas vamos delimitar um espaço e entender como essa ligação está se estabelecendo.

Entupir a caixa de mensagem do colega com assuntos desinteressantes certamente fará de você uma pessoa chata. Como havia falado: defina um propósito, escute o outro, identifique assuntos em comum e invista nisso. A conversa será mais produtiva e o networking estará sendo produzido aos poucos. Não tenha pressa.

E aí? Você está praticando network ou networking? Vamos conversar!

Créditos para Carolina B. Mello.

E-mail: carolinabmello@yahoo.com.br

Compartilhe